domingo, 9 de junho de 2019

Crítica de Cinema




Apresentação

Historicamente, a crítica de cinema se consolidou em duas instâncias: o jornalismo e a pesquisa acadêmica. As naturezas convergentes desses dois polos permitem pensá-la como algo único, mas sem deixar de lado suas particularidades.


No ambiente contemporâneo, em que o jornalismo passa por reformulações de discursos e práticas, em grande parte motivados pela mudança de suportes e mídias, essas particularidades parecem se acentuar. Contudo, paradoxalmente, surgem novos pontos de convergência: o crescimento exponencial da produção provoca uma necessidade de seleção prévia de filmes, tendências e movimentos escolhidos para serem objetos da crítica, o que resulta em olhares de perspectiva semelhantes, necessariamente distanciados, seja na crítica de imprensa ou na academia.

Além disso, as reconfigurações das noções de autoria, na contemporaneidade (com as cooperativas de produção, as colaborações e coproduções, além da facilidade tecnológica que permite a criação solitária mesmo na mais coletiva das artes), modificam a maneira como olhamos para os filmes — para refletir sobre eles no dia a dia (em blogs, revistas, redes sociais, vídeos ou jornais) e, também, em estudos mais aprofundados (de caráter científico).

Neste curso, vamos lembrar brevemente características históricas da crítica em ambas as instâncias para, depois, pensar de maneira mais aprofundada sobre essa convergência contemporânea. Nossa base serão as propostas de análise fílmica como metodologia conforme elaborada por autores como Aumont e Marie. Ao mesmo tempo, vamos refletir sobre a crítica a partir da dinâmica dos encontros que, segundo Migliorin, reconfiguram as noções de autoria nos filmes — poderiam, do mesmo modo, reconfigurar a própria reflexão sobre os filmes?


Objetivos

O Curso A Crítica de Cinema Hoje, ministrado por Daniel Feix, a partir da análise de trechos de artigos publicados, pretende observar como a crítica se estrutura na contemporaneidade, tendo como referenciais, ainda, os estudos do norte-americano David Bordwell (teórico e historiador do cinema), particularmente a “anatomia da interpretação”, e o pensamento do crítico francês Jaen-Michel Frodon. Em sua recente passagem por Porto Alegre, no seminário “O Estado da Crítica” (realizado pela Accirs e Unisinos) Frondon defendeu que o texto crítico possui um estatuto próprio, cuja potência advém da sua própria forma.


Conteúdos

Aula 1
Breve história da crítica.
A pesquisa acadêmica e o jornalismo.
Os gêneros do texto.
A análise fílmica: questões teóricas.
A anatomia da interpretação.
A estrutura do texto.

Aula 2
A crítica hoje: o suporte e a linguagem.
Tendências, movimentos e questões de autoria na contemporaneidade.
Pensar a imagem hoje.
Pensar o texto no ambiente contemporâneo.


Ministrante: Daniel Feix
Jornalista e crítico de cinema. Graduado pela PUCRS (2000) com Mestrado em 2018, onde defendeu a tese "Da entrevistas à observação da ação: A tendência realista fabular no cinema brasileiro pós-2010". Atua em veículos de imprensa de Porto Alegre. Foi editor da revista de cultura “Aplauso” e atualmente é editor e crítico no jornal Zero Hora. Tem artigos publicados em livros como Bernardet 80 (Paco Editorial), Os 100 Melhores Filmes Brasileiros (Letramento) e Os Filmes que Sonhamos (Lume). Presidente da Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul (ACCIRS) e integrante da Associação de Críticos de Cinema (ABRACCINE). Ministrou o curso “Cinema Independente Brasileiro” pela Cine UM (2017).


Curso
A Crítica de Cinema Hoje
de Daniel Feix


Datas
29 e 30 de Junho (sábado e domingo)

Horário
14h às 17h

Duração
2 encontros presenciais (6 horas / aula)

Local
Cinemateca Capitólio
(Rua Demétrio Ribeiro, 1085 - Centro Histórico - Porto Alegre - RS)

Investimento
- Pagamento p/ Cartão de crédito: R$ 95,00
- Pagamento p/ Depósito: R$ 90,00
***
Promoção: R$ 80,00
(Para as primeiras 10 inscrições - Valor esgotado)

Formas de pagamento
Depósito ou transferência bancária / Cartão de crédito (PagSeguro)

Material
Certificado de participação e Apostila

Informações
cineum@cineum.com.br  /  Fone: (51) 99320-2714



Realização
Cine UM Produtora Cultural - 10 Anos

Apoio
Cinemateca Capitólio Petrobras


.
Instruções para efetuar a inscrição

1) Preencha e envie o formulário abaixo.
2) Pagamento por Depósito ou Transferência bancária:
Após enviar o formulário você receberá as orientações.
3) Pagamento por Cartão de Crédito:
Após enviar o formulário, clique no botão do PagSeguro.
.
.
 .
.
Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!
.
.



quarta-feira, 29 de maio de 2019

Christopher Nolan








Apresentação

Obtendo carta branca para quase todos os seus projetos, o cineasta inglês Christopher Nolan é um caso raro dentro da Hollywood atual que se encontra cada vez mais presa a fórmulas de sucesso, não abrindo leque para projetos mais corajosos. Porém, Nolan obteve o feito de trabalhar em dois mundos, tanto dos pequenos projetos autorais que lhe deram reconhecimento, como também possuir total controle de alguns super espetáculos cinematográficos. Em ambos os casos, todos possuem o seu olhar pessoal, mas Nolan seria realmente um cineasta original em sua essência?


O curso irá dar essa resposta, além de fazer uma viagem no tempo para compreendermos melhor o cinema que o inspirou e que colaborou na construção do cineasta que veio a se tornar. Após isso, os alunos irão embarcar em uma análise de seus principais títulos, desde os pequenos projetos, como Following (1998) e Amnésia (2001), até grandes super-produções com sua marca autoral, como A Origem (2010) e a trilogia Cavaleiro das Trevas iniciada em 2005.


Objetivos

O curso Christopher Nolan: A Representação da Realidade, ministrado por Marcelo Castro Moraes, fará uma ampla revisão da carreira do cineasta, mas não se limitará em tratar somente sobre a carreira de Nolan. O olhar será mais amplo, incluindo como temática o próprio Cinema, abordando os conceitos de realismo e gênero fantástico, e também alguns dos principais realizadores que ajudaram a fortalecer a sétima arte como um todo. Além disso, faremos uma investigação de como Nolan usou os velhos artifícios técnicos e trazê-los para os dias atuais. É graças ao cinema do passado que Nolan enxergou o próprio futuro do cinema, aprimorou recursos de ponta que hoje estão perfeitamente integrados os filmes de grande espetáculo.


Conteúdos

Aula 1
Cinema, realismo e os primeiros passos

O que é verossimilhança?
O realismo nos primórdios do cinema
Georges Méliès: A História começa
A Nova Hollywood
Aventuras verossímeis: O início da era dos Blockbusters
A utopia dos anos 80
James Cameron: Ensaios para o futuro
O que o cinema ensinou a Nolan?
Antes da consagração: Doodlebug (1997) e Following (1998)
Reconhecimento: Amnésia (2001)
Pesadelo psicológico: Insônia (2002)
Da queda à redenção: Batman Begins (2005)
Obsessões sem limites: O Grande Truque (2006)


Aula 2
Um Cinema autoral a serviço do espetáculo

A entidade do caos: Cavaleiro das Trevas (2008)
Imax: Nolan enxergando o futuro
Hanz Zimmer: O novo John Williams?
Um sonho sem limites: A Origem (2010)
Fins e começos: Cavaleiro das Trevas Ressurge (2012)
Além do infinito: Interestelar (2014)
O velho e bom cinema: Dunkirk (2017)
  


Ministrante: Marcelo Castro Moraes
Crítico de cinema do blog “Cinema Cem Anos de Luz”. Foi colunista do jornal semanal “Destaque” (Esteio). Foi colaborador das páginas “A Hora do Cinema” e “Cinema Sem Frescura”. Sócio e divulgador do Clube de Cinema de Porto Alegre. Atualmente é colunista do site “Cinema e Movimento”.



Curso
Christopher Nolan:
A Representação da Realidade
de Marcelo Castro Moraes


Datas
15 e 16 de Junho (sábado e domingo)

Horário
14h às 17h

Duração
2 encontros presenciais (6 horas / aula)

Local
Cinemateca Capitólio
(Rua Demétrio Ribeiro, 1085 - Centro Histórico - Porto Alegre - RS)

Investimento
- Pagamento p/ Cartão de crédito: R$ 95,00
- Pagamento p/ Depósito: R$ 90,00
***
Promoção: R$ 80,00
(Válido para as primeiras 10 inscrições por depósito)

Formas de pagamento
Depósito ou transferência bancária / Cartão de crédito (PagSeguro)

Material
Certificado de participação e Apostila

Informações
cineum@cineum.com.br  /  Fone: (51) 99320-2714



Realização
Cine UM Produtora Cultural - 10 Anos

Patrocínio
Total Poker Club

Apoio
Cinemateca Capitólio Petrobras


.
Instruções para efetuar a inscrição

1) Preencha e envie o formulário abaixo.
2) Pagamento por Depósito ou Transferência bancária:
Após enviar o formulário você receberá as orientações.
3) Pagamento por Cartão de Crédito:
Após enviar o formulário, clique no botão do PagSeguro.
.
.



 .
.
Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!
.
.


sábado, 18 de maio de 2019

Cinema & Ditaduras








Apresentação

Nos anos 1960 e 1970 a América Latina viveu uma série de golpes militares que geraram anos de ditadura formando um dos piores períodos políticos do continente. Com o apoio dos governos dos Estados Unidos os governos formados pelos militares no Brasil (de 1964 até 1985), no Chile (de 1973 a 1990), na Argentina (1976 a 1983) e no Uruguai (de 1973 a 1985) restringiram, prenderam, torturaram, exilaram e mataram seus opositores formando aquilo que foi conhecido como os “anos de chumbo”, onde a censura foi ferrenha atingindo todos os meios de comunicação e a produção artística em geral.


Durante o período dos governos militares os cinemas destes países atuaram sob a égide da censura moldando sua temática dentro do possível. Após o fim deste processo as cinematografias tomaram outros rumos e responderam à história também de acordo com a postura tomada pelos governos subsequentes.


A ditadura brasileira abrandou a partir da Lei da Anistia (1979) que reverteu punições para os cidadãos brasileiros que, entre os anos de 1961 e 1979, foram considerados criminosos políticos pelo regime militar, mas também não puniu quem prendeu, torturou e matou. Os crimes cometidos no Brasil (tanto do lado dos militares quanto do lado da oposição) foram prescritos e assim se colocou uma pedra em cima do período mais truculento da história do país.


Objetivos

O curso Cinema & Ditaduras na América Latina, ministrado por Flávia Seligman, vai abordar a cinematografia dos países do Cone Sul no antes, durante e depois dos golpes militares com foco nas suas particularidades estético narrativas e nas formas como se posicionaram perante os dados da história.


Conteúdos

Aula 1 – Como vivemos a nossa história

O cinema na América Latina, os movimentos nacionais e de valorização da identidade nacional, com exemplos como Glauber Rocha e Nelson Pereira dos Santos no Brasil e Fernando Birri na Argentina.

A influência do novo cinema cubano com cineastas como Tomás Gutiérrez Alea.

As consequências dos Golpes Militares no Brasil (1964), no Uruguai e no Chile (1973) e na Argentina (1976) na produção artística e de conhecimento.

O cinema da Ditadura e a televisão dos militares.


Aula 2 – Como vimos a nossa história

A transição para a democracia nos países do Cone Sul

A história contada e o cinema revisando a história em cada um destes países, entre ficção e documentário.

A negação da história, o cenário político contemporâneo e o impacto nas cinematografias.


Ministrante: Profª Drª Flávia Seligman
Bacharel em Comunicação Social pela Famecos / PUC RS (1986). Mestre (1990) e Doutora (2000) em Cinema pela ECA/USP. Professora do Curso de Realização Audiovisual e do Curso de Jornalismo da Unisinos - RS, nas áreas de Estética, Cinema Brasileiro, Televisão e Produção. Professora de Cinema e de Semiótica, dos Cursos de Design e Jornalismo da ESPM - SUL em Porto Alegre.
Diretora, produtora e roteirista. Dirigiu os curtas metragens O Último Chocolate (2013) e O Fusca e a Dona Hortência (2014), selecionados pelo projeto Histórias Curtas, da RBS TV, com exibições na TV aberta e na TV paga (Canal Brasil). Já ministrou os cursos "Filme Comédia - O Cinema Que Faz Rir" e “Cinema Brasileiro nos Anos de Chumbo” pela Cine UM.


Curso
Cinema & Ditaduras na América Latina
de Flávia Seligman

Datas
01 e 02 de Junho (sábado e domingo)

Horário
14h às 17h

Duração
2 encontros presenciais (6 horas / aula)

Local
Cinemateca Capitólio
(Rua Demétrio Ribeiro, 1085 - Centro Histórico - Porto Alegre - RS)

Investimento
- Pagamento p/ Cartão de crédito: R$ 95,00
- Pagamento p/ Depósito: R$ 90,00
***
Promoção: R$ 80,00
(Valor promocional esgotado)

Formas de pagamento
Depósito ou transferência bancária / Cartão de crédito (PagSeguro)

Material
Certificado de participação e Apostila

Informações
cineum@cineum.com.br  /  Fone: (51) 99320-2714


Realização
Cine UM Produtora Cultural - 10 Anos

Patrocínio
Total Poker Club

Apoio
Cinemateca Capitólio Petrobras


.
Instruções para efetuar a inscrição

1) Preencha e envie o formulário abaixo.
2) Pagamento por Depósito ou Transferência bancária:
Após enviar o formulário você receberá as orientações.
3) Pagamento por Cartão de Crédito:
Após enviar o formulário, clique no botão do PagSeguro.
.
.

 .
.
Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

.

quinta-feira, 25 de abril de 2019

Fritz Lang











Apresentação

O austríaco Fritz Lang (1890 - 1976) já foi considerado o maior diretor da Europa. Munido de um monóculo e de um forte sotaque germânico, o diretor foi capaz de produzir quase 50 filmes em três diferentes idiomas. Porém, para além de seus mais de 40 anos de carreira, Lang criou polêmicas, contou histórias na vida e na arte e é tema de diversos estudos, mostras cinematográficas e homenagens ao longo dos anos.


Um dos pioneiros do cinema, conseguiu se aventurar por uma gama de diferentes gêneros cinematográficos e estabeleceu bases visuais até hoje referenciadas em videoclipes, filmes e histórias em quadrinhos. Mestre incompreendido e temperamental, foi considerado como um diretor de peso, sendo capaz de apresentar obras que entraram paraa história do cinema por serem revolucionárias tanto do ponto de vista estético, quanto de ponto de vista artístico.


Considerado também um dos pais dos thrillers, Lang buscava criar suspense dramático, sendo um arquiteto das sombras ao tentar jogar luz sobre a escuridão da miséria humana.


O curso mostrará as fases alemã e americana do diretor, exibindo trechos de algumas de suas entrevistas e cenas de filmes como A Morte Cansada (1921); A Mulher na Lua (1929); M, O Vampiro de Düsseldorf (1931); Metrópolis (1926); O Homem Que Quis Matar Hitler (1941), entre outros.


Objetivos

O curso Fritz Lang: O Arquiteto das Sombras, ministrado por Janaina Gamba, fará uma exploração analítica e crítica da vida e obra do cineasta. Em um passeio intercontinental sobre sua trajetória artística, serão abordados os aspectos mais importantes e características da extensa filmografia de Lang. Ao mesmo tempo serão apresentados alguns dos acontecimentos mais fantástico de sua biografia.


Conteúdos

Aula 1 – Fase Alemã

Era Silenciosa 1 (1921 – 1924):
Início da carreira cinematográfica de Fritz Lang até a produção de seu primeiro épico.
Era Silenciosa 2 (1925 – 1929):
Fritz Lang se torna um dos maiores diretores da maior companhia cinematográfica da Europa e produz filmes ousados.
A chegada do som:
O diretor se apropria da tecnologia sonora em seus filmes.


Aula 2 – Fase Americana

Temáticas recorrentes:
A unidade da obra de Fritz Lang.
Trilogia social:
Como a luta pela democracia na indústria norte-americana afetou o realizador.
Volta à Alemanha:
A saída de Hollywood, seu breve retorno à Europa e o fim da carreira.


Ministrante: Janaína Gamba
Produtora de conteúdo e doutora em Comunicação Social (PUCRS). Recentemente defendeu a tese "Schopfer und Kreatur: Fritz Lang e o personagem Dr. Mabuse pelo Olhar da Imprensa Brasileira (1920 - 1990)". Já ministrou o curso "Vilões do Cinema: Nossos Malvados Favoritos" pela Cine UM em 2015.




Curso
Fritz Lang: O Arquiteto das Sombras
de Janaína Gamba

Datas
18 e 19 de Maio (sábado e domingo)

Horário
14h às 17h

Duração
2 encontros presenciais (6 horas / aula)

Local
Cinemateca Capitólio
(Rua Demétrio Ribeiro, 1085 - Centro Histórico - Porto Alegre - RS)

Investimento
- Pagamento p/ Cartão de crédito: R$ 95,00
- Pagamento p/ Depósito: R$ 90,00
***
Promoção: R$ 80,00
(Valor promocional esgotado)

Formas de pagamento
Depósito ou transferência bancária / Cartão de crédito (PagSeguro)

Material
Certificado de participação e Apostila

Informações
cineum@cineum.com.br  /  Fone: (51) 99320-2714


Realização
Cine UM Produtora Cultural - 10 Anos

Patrocínio
Total Poker Club

Apoio
Cinemateca Capitólio Petrobras


.
Instruções para efetuar a inscrição

1) Preencha e envie o formulário abaixo.
2) Pagamento por Depósito ou Transferência bancária:
Após enviar o formulário você receberá as orientações.
3) Pagamento por Cartão de Crédito:
Após enviar o formulário, clique no botão do PagSeguro.
.
.

 .
.
Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!
.
.